terça-feira, 21 de outubro de 2014

Destaques da Semana - Os Craques da Rodada

Em um final melancólico para o Módulo I, a penúltima rodada foi um espelho de todo e semestre. Um Sub 11 apático, um Sub 13 descontrolado emocionalmente e um Sub 09 inexperiente mas cheio de talentos. Já no Módulo II, as equipes continuam à todo vapor em busca das semifinais. Vamos aos craques:

Sub 9-
Pedro Henrique


A mesma luta de sempre. O termômetro a equipe. Mesmo sem estar em um dos seus melhores dias, mostrou talento.

Sub 11-
Daniel Pego


Uma das boas revelações de 2014. Tem mostrado evolução à cada jogo. A sombra de um concorrente para a posição fez com que crescesse de produção. Fez defesas de gente grande e evitou uma goleada ainda maior de sua frágil equipe.

Sub 13-
Lucas Perez


A inconstância é sua marca registrada. Alterna boa atuações com outras pífias. No jogo deste domingo, foi o único à mostrar equilíbrio e técnica em um grupo com o talento brigando de igual para igual com o desequilíbrio emocional.

Sub 15-
Luiz Felipe


Com uma atuação tática, foi um dos principais responsáveis para a grande vitória de sua equipe. Foi fixo, ala e ainda marcou dois gols, sendo um de puro oportunismo, típico de um pivô. Quando joga para o time é imprescindível.

Sub 17-
Iago Rodrigues


Não foi o seu dia. Errou mais do que de costume. Mesmo assim, marcou três gols e comando a equipe.

Jogão!!!

No jogo mais movimentado da tarde deste domingo, 19/10, nossa equipe Sub 17 foi derrotada pelo forte time do Teresópolis pelo placar de 5x4.

A partida aconteceu em nossa quadra e foi válida pala décima terceira rodada da Liga Rio Futsal. Mesmo com a derrota, continuamos na briga por uma das vagas para as semifinais.

O jogo foi bastante movimentado e com ambos goleiros sendo obrigados à intervir diversas vezes com alto grau de dificuldade. A nossa melhor técnica, rivalizou contra a maior força física e tática dos visitantes, tornando a partida uma das mais disputadas no campeonato. Abrimos o marcador aos 03:00mins., com o capitão Iago. O jogo continuou lá e cá e, aos 07:33mins. A equipe serrana empatou. A disputa continuou acirrada, com muitas jogadas duras, sempre com respeito e lealdade por parte das duas equipes. Ninguém aceitava perder. À três segundos do encerramento da etapa inicial, outra vez Iago, nos deixou na dianteira, para que fôssemos em vantagem para o intervalo.

Se o primeiro tempo foi bom, o segundo foi melhor ainda. Parecia que estávamos disputando uma final. Mais uma vez, o Teresópolis chegou ao empate. Erro defensivo e gol do rival, aos 22:02mins. Mas a igualdade durou pouco. Aos 23:11mins., enquanto alguns adversários pararam para reclamar uma falta, Paulo Vitor, oportunista nos devolveu a vantagem. Houve muita reclamação por parte dos visitantes. Não soubemos aproveitar o momento de nervosismo adversário, eles voltaram ao jogo. Ainda assim, aos 30:26mins., ampliamos com Iago. Entretanto, a reação do Teresópolis foi avassaladora e sofremos a virada, com gol aos 32:59, 34:07 e 36:00mins.. Não havia mais tempo e nem forças para reagir. Pagamos o preço de ausência de peças fundamentais.

Valeu pelo belo espetáculo.


Sub 15 faz as Pazes com a Vitória

Após uma dura sequencia de de quatro derrotas, nosso :Sub 15 finalmente reencontrou o caminho da vitória ao derrotar ao Teresópolis pelo placar de 6x1.

A partida, válida pela décima terceira rodada da Liga Rio Futsal, foi realizada na tarde deste domingo, 19/10, em nossa quadra.

Diferentemente dos jogos recentes, entramos em quadra com uma atitude vencedora, encurralando os visitantes em sua quadra defensiva, neutralizando praticamente todas as ações defensivas rivais durante todo o jogo. Aos 05:48mins., Luizinho abriu o placar, chutando colocado. Logo em seguida, em um contra ataque veloz, cometemos uma das únicas falhas na partida, aproveitada prontamente pela forte equipe Serrana para chegar ao empate, aos 06:45mins. A igualdade, entretanto não durou muito: aos 07:37mins., em jogada ensaiada de escanteio, a bola foi atravessada para o lado oposto, de onde Guilherme soltou uma bomba de primeira sem deixar a bola cair. Golaço!!! Mesmo soberanos em quadra, o placar não foi mais movimentado na etapa inicial.

O segundo tempo foi um verdadeiro passeio. Atônitos os atletas adversários não conseguiam dar andamento ao seu jogo, devido a implacável marcação exercida. E nossa pontaria estava mais apurada. Luiz Felipe, em partida em que atuou em todas a posições, estava inspirado e marcou aos 18:13 e 20:01mins., o segundo em jogada de puro oportunismo. Empolgada nossa equipe não amoleceu e o goleiro Douglas, mais uma vez, deixou o dele, aos 23:20mins. Para encerrar, mais um belo gol, desta vez do capitão Luizinho girando de tocando no canto do goleiro.

Um resultado maiúsculo, sobre um forte concorrente ao título da competição, que nos devolve as forças e a confiança para continuarmos em busca de nosso objetivo.

Parabéns à todos.


Decepção

Em mais uma partida em que o equilíbrio emocional foi nosso maior adversário, nosso Sub 13, caiu diante do Helênico A.C. Por 11x3.

O jogo, válido pela penúltima rodada do returno da Liga Rio Futsal, foi realizado na tarde deste domingo, em nossa quadra.

Com alguns desfalques, graças à falta de comprometimento de alguns (já dispensados), fomos com o que tínhamos para o jogo, que já não valia nada para nós, já que não haviam mais possibilidades de classificação. E mesmo sem nenhum comprometimento com o resultado, começamos a partida nervosos, com muitos erros de cobertura, que em poucos minutos resultaram em cinco gols dos visitantes. Observe-se que nos treinos, uma especial atenção é exaustivamente dada às funções defensivas, e o que se vê nas partidas são alguns atletas completamente envolvidos pela movimentação dos rivais. Ao que parece, o nervosismo da competição faz com que esqueçam o ensinado. Do meio para o final da primeira etapa, conseguimos dar uma equilibrada nas ações, porem, sem muito resultado prático.

Na segunda etapa, três cartões, sendo dois amarelos e um vermelho, todos justíssimos e por pura falta de equilíbrio emocional. Não há do que reclamar. A equipe do Helênico continuou soberana, apesar do rodízio proporcionado por sua Comissão Técnica. Mesmos os suplentes foram amplamente superiores. Sofremos mais seis gols. E verdade que marcamos três (Lucas, Vitor e Guilherme) muito mais por relaxamento dos visitantes que por nossos méritos.

Mais uma vez, fica provado que não adianta ser bom de bola e ruim da cabeça. Fica claro também, que sem comprometimento, não adianta ser goleador ou paredão. À não ser que o objetivo seja jogar pelada na pracinha.

Que o semestre perdido sirva de lição.


A Última Chance

Pela penúltima rodada da Liga Rio Futsal, nossa equipe Sub 11 caiu diante do Helênico A.C. pelo placar de  6x1, em jogo realizado neste domingo, 19/10 em nossa quadra.

Foi a  décima sétima derrota consecutiva, um recorde negativo em nosso clube.

Contando apenas com cinco atletas da categoria, completamos, mais uma vez, o grupo com a base do Sub 9, o que nos deixa com muito mais talento e mobilidade, porém nos deixa fragilizados fisicamente. Com um grupo forte técnica e fisicamente, o Helênico não teve muitas dificuldades para nos superar. Os gols foram surgindo naturalmente e, mesmo promovendo um constante rodízio em quadra, os visitantes foram soberanos durante toda a partida. No final, ainda marcamos nosso gol de honra, com o pequenino Arthur, cobrando falta. O goleirinho/pivô vai dar o que falar.

Na rodada final, contra o Duque de Caxias, tentaremos sair do zero. 

É o que nos resta.


O Fim do Sonho

Após uma campanha que chegou à empolgar em algumas ocasiões, nossa equipe Sub 9 deu adeus definitivamente às chances de classificação para a próxima fase da Liga Rio Futsal, ao ser derrotado em casa, pelo Helênico A.C. por 4x0.

A partida, valida ela penúltima rodada da competição foi realizada na tarde deste domingo, 19/10.

Com um elenco reduzido, lutando permanentemente contra desfalques, ora por contusões, outras simplesmente por ausências, podemos dizer que fomos até longe demais dadas as condições.

Na partida deste domingo, tivemos uma atuação apática, abaixo da média. Em nenhum momento demos indícios de que jogávamos uma partida decisiva. O Helênico fez valer sua maior força física e com tranquilidade, construiu o placar.

O objetivo agora é terminar nossa participação, brindando à todos com uma vitória na rodada final.

Valeu molecadinha.


segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Imagens da Semana

As equipes do Módulo I deram, definitivamente, adeus às possibilidades de classificação para a próxima fase. Já os mais velhos, mostraram que estão no caminho certo para avançar. O Sub 15 fez as pazes com a vitória ao golear em casa. Já o Sub 17, perdeu  por 5x4 para o Teresópolis no melhor jogo do dia. Vamos às imagens: