quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Sub 17 segue o rumo

Pela décima quarta rodada, nossa equipe Sub 17 enfrentou o Maria da Graça, fora de casa, na tarde deste sábado, 25/11 em jogo válido pela Liga Rio Futsal. Mesmo bastante desfalcados, saímos vencedores pelo placar de 6x4. 

Defido à coincidência de horários, divrsos de nossos atletas não puderam comparecem em virtude de jogos pela Federação. Contando com apenas seis atletas (a maioria suplentes) fomos bravos e superamos mais esta dificuldade.

Em um primeiro tempo onde mostramos uma boa performance, Saímos vencedores por 3x0, com uma bela atuação de Matheus Pacheco, autor de todos os gols.

A segunda etapa foi bem mais equilibrada, muito em função do cansaço de nossos atletas, que tiveram muitas dificuldades de manter o resultado frente ao numeroso plantel do Maria da Graça. Os anfitriões pressionaram bastante e chegaram à diminuir a diferença pra apenas um gol. Mas ao final, prevaleceu nossa melhor técnica e conseguimos resistir e vencer por 6x4 ( gols no segundo tempo de Júlio, 2 e Bruno).

Parabéns à todos.

Derrota que complica

Após terminar o primeiro turno isolado na liderança, a situação de nosso Sub 15 na Liga Rio Futsal se complica à cada rodada.

No último sábado, 25/10, enfrentamos o Maria da Graça, fora de casa e mais uma vez, saímos derrotados, desta vez por 5x4. Foi o quarto revés em cinco rodadas no returno, o que nos tira da zona 
de classificação, nos deixando na quinta colocação. Faltando apenas quatro rodadas para o encerramento da primeira fase, precisamos de uma boa sequência para voltarmos à disputar a vaga para as semifinais.

Na partida deste sábado, fizemos um bom primeiro tempo, onde, apesar do equilíbrio, estivemos na frente por duas vezes, com gols de Carlos "Bigode" e Matheus Almeida.  A vitória parcial por 2x1 foi justa.

Já na segunda etapa, um início ruim fez com que os mandantes abrissem 5x2 no marcador. Só voltamos à nos encontrar no final da partida e chegamos à diminuir para 5x4 (Luiz Felipe e Guilherme marcaram), mas a reação parou por aí.

No próximo domingo, 02/11, voltaremos à jogar em casa, contra o Bangu A.C. e uma vitória será fundamental para nossas pretensões.

Vamos acreditar.


terça-feira, 28 de outubro de 2014

Módulo I se despede de 2014

Na última terça-feira, dia 23/10, nossas equipes do Módulo I se despediram das partidas oficiais em 2014.

Já sem possibilidades de classificação, fomos à Ilha do Governador, onde, na quadra do ASCAER, enfrentamos o Duque de Caxias.

A eliminação precoce fez com que aqueles menos comprometidos com nosso trabalho sequer comparecessem, fazendo com que tivéssemos um verdadeiro quebra-cabeças para montar as equipes que entraram em quadra. Mesmo assim, honramos nosso nome, e terminamos a competição com dignidade.

A equipe Sub 9, após um excelente início de competição, foi caindo no decorrer das rodadas e chegou ao jogo final já sem chances. Mesclando excelentes atuações com outras tantas onde nada deu certo, a molecadinha mostrou talento e ao mesmo tempo falta de maturidade, uma vez que a maioria debutou em competições este semestre. Com muitas ausências e contusões, o reduzido elenco viu suas possibilidades de uma melhor sorte escaparem aos poucos.  Destaques incontestáveis para Pedrinho e José Henrique, de longe os melhores da equipe neste semestre. No jogo final, derrota por 6x1, com gol, como sempre, do artilheiro e capitão, Pedrinho.

Nosso Sub 11, foi o maior fiasco da história de nosso projeto. Nenhum ponto, nenhuma vitória e quatorze derrotas no mesmo número de partidas. Faltou quase tudo à equipe, desde talento até comprometimento. Os treinos de quarta-feira ficavam às moscas, com atletas faltando sob os mais diferentes pretextos. Nos jogos, não acertávamos sequer os mais simples passes. Em determinado momento da competição, alguns pais chegaram à atribuir ao goleiro a responsabilidade pela má campanha, em um emblemático caso de transferência de responsabilidade, onde não enxergaram as limitações de seus próprios filhos. E tome faltas aos treinos!!!!!  Nos jogos longe de casa, ausências injustificadas....  Impossível progredir desta forma. As melhores atuações da equipe foram em situações onde a equipe foi montada com a base da equipe Sub 9, que mesmo inferior fisicamente, mostravam muito mais vontade. Os destaques do semestre foram o goleiro Daniel Pego e o voluntarioso Bernardo Carneiro. No jogo desta terça, uma derrota por 11x2, após um primeiro tempo excelente, onde saímos vencedores por 1x0 e fomos vencidos pelo cansaço na etapa final.

A grande decepção do semestre sem dúvidas foi a equipe Sub 13. Formada por atletas de técnica apurada, fomos vencidos pelas vaidades pessoais, e descontrole emocional. Os treinos da equipe sempre acabavam em discussões pois alguns preferiam vencer os coletivos à treinar efetivamente. Nos jogos, individualismo improdutivo e momentos de total desatenção foram determinastes para as sonoras goleadas sofridas. Somemos à estes fatos, a falta de comprometimento de muitos e o desinteresse de outros tantos e temos a receita de um sonoro fracasso. Nenhum atleta do grupo merece ser considerado destaque neste pífio segundo semestre. No jogo desta terça, contando com apenas três atletas da categoria e reforçado pelos destaques do Sub 11, derrota por 13x0.

Enfim, despedida melancólica de um semestre medíocre para as equipes do Módulo I. Que em 2015 tenhamos mais sorte e muito mais comprometimento.


sábado, 25 de outubro de 2014

Cartões e Advertências










Nome Categoria Amarelos Vermelhos Advertências


Allan Victor Alves Sub 15 1




Arthur Alves Pereira Sub 9 1




Djonata Bernardo Sub 13 1




Douglas Bernardo Sub 15 1




Guilherme Goes Sub 17 1




Iago Rodrigues Sub 17 2 1
JÁ CUMPRIU

Igor de Souza Mattos (Sub 17) Sub 15 2 1
JÁ CUMPRIU

Ilson Deiniz Junior Sub 15 1




José Henrique Batista Sub 9 2




Júlio César Reis Sub 17
1
JÁ CUMPRIU

Kauã Soares Carrilho Sub 9 1




Lucas Ferreira P.dos Santos Sub 13 2




Lucas Pimenta Sub 17 1




Luiz Felipe Almeida Sub 15 1




Luiz Paulo Leal Sub 15 1




Matheus Almeida Junior Sub 15 1 1
JÁ CUMPRIU

Patrick Mello Sub 17 1




Paulo Vitor Lima Sub 17 1




Rayson Aluizio Barbosa Sub 9 2




Rickson Aluizio Barbosa Sub 13 3 1
JÁ CUMPRIU

Vitor Alves Pires (Sub 15) Sub 13 5 1
JÁ CUMPRIU

Wellington Rodrigues Sub 13 3

JÁ CUMPRIU








artilharia 2014 - Atualizada


ATLETA GOLS





Iago Rodrigues da Silva 76

Guilherme Goes Miranda 48

Vitor Alves Pires 41

Allan Victor Alves dos Santos 35

Matheus Lessa Oliveira 27

Wellington R. Pinheiro Jr. 27

Matheus Almeida Júnior 25

Paulo Vitor Lima 25

Pedro Henrique R. de Siqueira 23

Ilson Diniz Júnior 21

Luiz Paulo Leal Losada 21

Luan Ferreira P. Dos Santos 18

Lucas Ferreira P.dos Santos 18

Bruno Martins Pinheiro 16

Rayson Aluízio 16

Djonata B. Da Silva 14

Carlos Willian Alves de Souza 12

Guilherme Gomes Gonçalves 12

Igor Mattos 11

Gabriel Belizário Rozas 10

Luiz Felipe Almeida 9

Thiago Reis Silva 9

Júlio César Reis 9

Gabriel Ribeiro 8

Iann Rodrigues da Silva 8

Guilherme Nogueira 7

Arthur Alves 6

José Henrique Batista 6

Pedro Henrique Moreira Aquino 6

Carlos Gramático Terceiro 5

Rickson Aluizio 5

Brenno de Oliveira Sales 4

Bernardo Carneiro 3

Cauâ Carrilho 3

Daniel Ribeiro 3

Carlos Alberto Soares 2

Douglas Bernardo 2

Elison Maia 2

Diogo Brito 1

Diogo de Souza 1

Diogo Ribeiro 1

Guilherme Giglio 1

Igor Matias dos Santos 1

Jonathan Veiga 1

Matheus Rhodes 1

Mathews Gomes 1

Patrick Mello 1

Pedro M. Pinheiro 1

Thiago Meirelles 1




terça-feira, 21 de outubro de 2014

Destaques da Semana - Os Craques da Rodada

Em um final melancólico para o Módulo I, a penúltima rodada foi um espelho de todo e semestre. Um Sub 11 apático, um Sub 13 descontrolado emocionalmente e um Sub 09 inexperiente mas cheio de talentos. Já no Módulo II, as equipes continuam à todo vapor em busca das semifinais. Vamos aos craques:

Sub 9-
Pedro Henrique


A mesma luta de sempre. O termômetro a equipe. Mesmo sem estar em um dos seus melhores dias, mostrou talento.

Sub 11-
Daniel Pego


Uma das boas revelações de 2014. Tem mostrado evolução à cada jogo. A sombra de um concorrente para a posição fez com que crescesse de produção. Fez defesas de gente grande e evitou uma goleada ainda maior de sua frágil equipe.

Sub 13-
Lucas Perez


A inconstância é sua marca registrada. Alterna boa atuações com outras pífias. No jogo deste domingo, foi o único à mostrar equilíbrio e técnica em um grupo com o talento brigando de igual para igual com o desequilíbrio emocional.

Sub 15-
Luiz Felipe


Com uma atuação tática, foi um dos principais responsáveis para a grande vitória de sua equipe. Foi fixo, ala e ainda marcou dois gols, sendo um de puro oportunismo, típico de um pivô. Quando joga para o time é imprescindível.

Sub 17-
Iago Rodrigues


Não foi o seu dia. Errou mais do que de costume. Mesmo assim, marcou três gols e comando a equipe.

Jogão!!!

No jogo mais movimentado da tarde deste domingo, 19/10, nossa equipe Sub 17 foi derrotada pelo forte time do Teresópolis pelo placar de 5x4.

A partida aconteceu em nossa quadra e foi válida pala décima terceira rodada da Liga Rio Futsal. Mesmo com a derrota, continuamos na briga por uma das vagas para as semifinais.

O jogo foi bastante movimentado e com ambos goleiros sendo obrigados à intervir diversas vezes com alto grau de dificuldade. A nossa melhor técnica, rivalizou contra a maior força física e tática dos visitantes, tornando a partida uma das mais disputadas no campeonato. Abrimos o marcador aos 03:00mins., com o capitão Iago. O jogo continuou lá e cá e, aos 07:33mins. A equipe serrana empatou. A disputa continuou acirrada, com muitas jogadas duras, sempre com respeito e lealdade por parte das duas equipes. Ninguém aceitava perder. À três segundos do encerramento da etapa inicial, outra vez Iago, nos deixou na dianteira, para que fôssemos em vantagem para o intervalo.

Se o primeiro tempo foi bom, o segundo foi melhor ainda. Parecia que estávamos disputando uma final. Mais uma vez, o Teresópolis chegou ao empate. Erro defensivo e gol do rival, aos 22:02mins. Mas a igualdade durou pouco. Aos 23:11mins., enquanto alguns adversários pararam para reclamar uma falta, Paulo Vitor, oportunista nos devolveu a vantagem. Houve muita reclamação por parte dos visitantes. Não soubemos aproveitar o momento de nervosismo adversário, eles voltaram ao jogo. Ainda assim, aos 30:26mins., ampliamos com Iago. Entretanto, a reação do Teresópolis foi avassaladora e sofremos a virada, com gol aos 32:59, 34:07 e 36:00mins.. Não havia mais tempo e nem forças para reagir. Pagamos o preço de ausência de peças fundamentais.

Valeu pelo belo espetáculo.